WEB RÁDIO / AO VIVO

Câmara realiza "BLITZ ROSA"

10/10/2018

A Câmara de Vereadores de Paraíso, através de seus vereadores e funcionários, e contando ainda com a participação da Liga Feminina de Combate ao Câncer, realizou na manhã desta quarta-feira, 10, uma blitz preventiva de combate ao câncer de mama.

Denominada “Blitz Rosa”, a ação levou para as ruas servidores e vereadores da Casa onde juntos fizeram entrega de adesivos e laços rosas, frases motivacionais e lembraram à população sobre a importância de combater a doença.

De acordo com o presidente do legislativo paraisense, Professor Deley Oliveira (PSC), a Câmara está cumprindo o seu papel social junto à sociedade, não só na campanha Outubro Rosa, mas em todas as outras que é do interesse da população.

“Os vereadores assumiram essa responsabilidade social não só com o Outubro Rosa, mas com todas as ações sociais da cidade de Paraíso do Tocantins. No caso desta ação, não se trata de uma responsabilidade apenas da Liga Feminina de Combate ao Câncer, mas de todos nós. Sabemos que em tudo as pessoas lembram da Câmara, é nosso papel, ele é fundamental na questão social em nossa cidade” Lembrou o Presidente.

A organização da 'Blitz Rosa' partiu dos próprios servidores da Câmara, sob o comando da servidora Maria José Ribeiro Costa de Moraes. Em entrevista à nossa reportagem, ela ressaltou a importância da participação de todas as pessoas que pertencem ao legislativo municipal no evento.

 “Entendo ser muito importante estarmos conscientizando a população sobre a prevenção do câncer do colo do útero e de todos os problemas que atingem a classe feminina. Aproveitamos também para lembrar aos homens que é importante orientar a mãe, a filha e a esposa sobre estes assuntos. Ao lado de um homem sempre existe uma mulher, então vamos cuidar delas que é importante. Pelo fato de outubro ser o mês voltado a elas, é importante deixá-lo mais evidente” disse a servidora da Câmara, Maria José.

A divisão de responsabilidades tem feito com que a Câmara de Paraíso se tornasse mais atuante e mais próxima da população.

 

 

9 DICAS PARA PREVENÇÃO DO CÂNCER DE MAMA

  1. Evite o excesso de peso. 

A obesidade aumenta o risco de câncer de mama após a menopausa. Evite o ganho de peso que ocorre com o passar dos anos e tente manter um índice de massa corporal (IMC) inferior a 25. Existem várias calculadoras de IMC disponíveis na internet.

2. Coma de forma saudável. 

Adote uma dieta rica em vegetais e frutas e pobre em bebidas com açúcar, carboidratos refinados e alimentos gordurosos. Coma proteína magra, peixe ou peito de frango, e carne vermelha com moderação. Procure comer cereais integrais e prefira óleos vegetais sobre gorduras animais.

3. Mantenha-se fisicamente ativa.

Diversos estudos sugerem que o aumento da atividade física, mesmo quando iniciado mais tarde na vida, reduz o risco total de câncer de mama de 30% para 10%. Um exercício moderado, como uma caminhada de 30 minutos,
cinco dias por semana, pode conseguir este efeito protetor.

4. Beba pouco ou nenhum álcool.

O consumo de álcool está associado a um risco aumentado de câncer de mama. As mulheres devem limitar o consumo a não mais do que uma dose por dia, independentemente do tipo de álcool.

5. Evite a terapia de reposição hormonal.

A terapia de reposição hormonal aumenta o risco de câncer de mama. Se você deve tomar hormônios para controlar os sintomas da menopausa, evite aqueles que contêm progesterona e limite seu uso a menos de três anos.
 “Hormônios bioidênticos”, cremes hormonais ou géis não são mais seguros do que os hormônios prescritos e também devem ser evitados.

6. Considere tomar um medicamento bloqueador de estrógeno.

Mulheres com história familiar de câncer de mama ou que têm mais de 60 anos devem conversar com seu médico sobre os prós e contras do uso de bloqueio do estrogênio, utilizando drogas como o tamoxifeno e o raloxifeno.

7. Considere tomar um inibidor da aromatase, como o exemestano. 

Estudo recente mostra que o exemestano reduziu o risco de câncer de mama em 65% em mulheres pós-menopausa com fatores de alto risco para desenvolver a doença. Converse com seu médico para saber se você tem indicação de uso e os benefícios de usá-lo.

8. Não fume.

Pesquisas mostram que o tabagismo a longo prazo está associado a um risco aumentado de câncer de mama em algumas mulheres.

9. Amamente seus bebês durante o maior tempo possível.

As mulheres que amamentam seus bebês por pelo menos 1 ano têm um risco reduzido de desenvolver câncer de mama mais tarde.

 

Não Existem Anexos cadastrados para esta Noticia.